Esporte e Educação dos Filhos Caminham Juntos

Nos dias de hoje podemos garantir que o esporte é uma das melhores ferramentas que os pais podem utilizar para educar bem seus filhos.

O esporte possui atributos que nenhum outro meio pode oferecer, bem como: paixão, perseverança, garra, fé, determinação, superação, emoção, comprometimento, respeito, entre outros.

Poderemos citar mais dezenas de exemplos, porém se essas ferramentas forem utilizadas de forma incorreta, ao invés de educar podem comprometer o desenvolvimento da criança.

Um profissional não capacitado ou mal capacitado e pais frustrados no esporte são os principais motivos que podem levar uma criança ou jovem, que poderiam vir a ser excelentes atletas ou mesmo grandes profissionais, a não se tornarem bons cidadãos.

Observamos a cada dia que filhos de jogadores, ex- atletas e técnicos do futsal estão seguindo os passos dos pais. O craque Falcão e seu filho Enzo atuam no Santos. Bruno, filho do auxiliar técnico da seleção brasileira, Vander Iacovino, joga no Corinthians.

Percebemos também que esses jovens normalmente se destacam em seus clubes ou escolinhas por seus próprios méritos e não por serem filhos de "fulano ou sicrano". E vou além: esses profissionais, por estarem trabalhando, nem sempre podem acompanhar seus filhos aos treinamentos ou mesmo aos jogos, ficando normalmente a cargo da mãe, avós, tios. (Por Kátia Priscila)